Esporte e Lazer

A cidade olímpica não investe nem incentiva a prática de esportes. Por aqui, em vez de ajudar a promover a saúde, o lazer e a cidadania, o esporte é tratado como mercadoria de luxo. Das 1.009 escolas municipais, apenas 633 possuem quadras. Os poucos equipamentos públicos que existem estão sem condições de uso. E não há programas comunitários que incentivem a prática de exercícios entre jovens e idosos. Os atletas amadores e de alto rendimento não têm onde treinar! O Estádio de Atletismo Célio de Barros e o Parque Aquático Julio Delamare estão fechados. O Estádio de Remo foi transformado num shopping. O Velódromo Municipal do Rio de Janeiro foi destruído.

Se a
cidade
fosse
nossa?

Você tem alguma ideia para o tema Esporte e Lazer?

Compartilhe usando o formulário!