Presidiários em Minas Gerais produzem até 400 caixas de legumes por mês

Detentos do presídio Professor Jacy de Assis, em Uberlândia, em MG, conseguem produzir até 400 caixas de legumes por mês – e tudo isso acontece em uma horta, onde é possível cultivar plantas medicinais e aromáticas, como rúcula, couve, espinafre, repolho, cebolinha e hortaliças.  

Foto: Omar Freire/Imprensa MG

Foto: Omar Freire/Imprensa MG

O mais legal de tudo é que essa produção vem das mãos de apenas 25 pessoas. Essa produtividade envolve desde a mistura de captação de águas pluviais (que vem da chuva) até técnicas próprias de cultivo.

O trabalho é um projeto de ressocialização da Diretoria da Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) do Estado mineiro, que alega ter derrubado o índice de reincidência criminal para apenas 1% entre os envolvidos. A horta cultivada no presídio é mais um dos vários projetos de reintegração desenvolvidos no local.

Toda a plantação colhida é vendida para a empresa que fornece refeições para o presídio que comporta 940 vagas, mas está com 2100 presos.

Foto: Omar Freire/Imprensa MG

Foto: Omar Freire/Imprensa MG

Via Hypeness