Lei obriga que supermercados doem alimentos não vendidos para pessoas em situação de rua na França

O Parlamento Francês aprovou por unanimidade uma lei que obriga os supermercados a doarem para pessoas em situação de rua do país os alimentos próximos ao vencimento, mas que já atingiram o limite do tempo para venda.

Uma das motivações para a proposta é para acabar com a prática de destruir produtos alimentares. A ação é bastante contraditória em um mundo em que quase 800 milhões de pessoas passam fome.

A nova legislação permite que indivíduos criem associações, com a aprovação do Ministério da Agricultura, para coletar e distribuir alimentos para quem necessita.

O próximo passo será convencer os estados membros da União Europeia a introduzirem uma legislação semelhante, e, por fim, ao redor do mundo. A lei entrará em vigor a partir de 13 de janeiro.

Via Catraca Livre