Se a Rocinha Fosse Nossa

21915765992_fc6e119d7b_k

O encontro Se a Rocinha Fosse Nossa rolou no dia 3 de outubro, na Praça da Roupa Suja. O evento reuniu moradores da Rocinha, representantes de coletivos e organizações que debatem pautas e pensam melhorias para sua comunidade.

Na roda de conversa, uma das principais demandas dos moradores era o investimento em saneamento básico na comunidade. Há muitas valas com esgotos a céu aberto e acúmulo de lixo – o que atrai ratos e outros vetores de doenças. Na localidade do Valão, parte baixa da Rocinha, há um enorme canal de esgoto não tratado que é despejado na praia. A falta de saneamento contribui para a proliferação de doenças, além de prejudicar o desenvolvimento das crianças. Os principais problemas de saúde relatados foram: o alto índice de tuberculose e dengue e o grande número de diabéticos.

Outro tema abordado pelos moradores foi a cultura. A Rocinha é um caldeirão de cultura. Os moradores apontaram a necessidade de se investir na diversidade da cultura local e promoção de produção cultural em pequena escala, além do resgate dos espaços públicos. Além disso, a proibição dos bailes funk foi criticada, por atacar a cultura e a economia que depende de sua realização (DJs, Mcs, dançarinos, economia popular).

Foram criticadas processos de remoção forçada, em especial na área do Laborioux, onde cerca de 130 famílias foram removidas do laboriaux e foram reassentadas em áreas distantes da Rocinha, em conjuntos habitacionais do MCMC no Estácio, Triagem e Campo Grande, outros recebem o aluguel social de 400 reais até hoje, cujo valor não paga nem o aluguem na Rocinha

No encontro surgiram algumas propostas dos moradores:

– reabertura da quadra da Rua 1 da Rocinha, hoje ocupada pela UPP

– prioridade de investimento em saneamento básico nas obras do PAC 2, não no teleférico

– efetivação de obras do PAC 1, como canalização do Valão, plano inclinado e revitalização do boiadeiro

– agilizar os atendimentos do Centro Municipal de Saúde, incluindo o trabalho de médicos especialistas (foram citados oftalmologistas e pneumologistas.
– retorno do baile funk da rocinha

– fortalecer a regularização fundiária de favelas – enquanto direito e mecanismo de proteção jurídica contra a remoção arbitrária – prevista em nossa constituição, estatuto da cidade e demais leis infra constitucionais

Veja o álbum de fotos completo.