Jovens abrem a sala de casa para a cidade

Mesas, banquinhos, almofadas e cangas estendidas no chão em frente a um sobrado na Pompeia, em São Paulo, são um convite para desacelerar e desfrutar a arte em um espaço que irradia gentileza urbana.

sala_aberta4

No local, chamado “Sala Aberta”, moram a ilustradora Juliana Burgierman e a jornalista Natalia Garcia, que resolveram abrir literalmente a sala de casa para a cidade. Lá acontecem aulas de desenho, exposições, lançamentos de livros e bate-papos.

sala_aberta6

Do lado de fora, em um parklet, uma espécie de mini-praça, amigos e artistas se juntam para celebrar a arte. Segundo Juliana, o espaço nasceu depois de ela conhecer lugares inspiradores fora do país que reuniam características de galeria, loja ateliê e café.  Gostou da ideia? Para desfrutar das atividades, é só entrar que a sala está aberta!

sala_aberta5

Via Catraca Livre