Uma cidade decidiu parar de prender usuários de drogas. Veja o que aconteceu

drogas-descriminalizacao-interna

O Brasil está a alguns passos de descriminalizar o porte de drogas para uso pessoal. O assunto, que foi discutido recentemente pelo STF e deve retomar à pauta, é complicado e polêmico. Por isso, informações que possam agregar à discussão e à reflexão sobre o tema são muito bem-vindas.

É o caso da cidade de Gloucester, em Massachusetts (EUA), em que a polícia decidiu parar de prender usuários de drogas pelo porte das substâncias e passou a redirecioná-los a centros de tratamentos caso fosse sua vontade. A ideia foi do delegado local Leonard Campanello e a regra começou a valer em junho deste ano. Com uma comunidade de dependentes de heroína, a cidade vivia uma situação difícil ao lidar com esse problema de saúde pública. Em 30 dias, 4 pessoas morreram de overdose – a cidade tem apenas 30 mil habitantes. “A guerra contra as drogas acabou. E nós perdemos. Não há como sairmos disso. Nós temos tentado por 50 anos. Nós temos lutado por 50 anos e a única coisa que mudou foi que a heroína está mais barata e mais pessoas estão morrendo“, afirmou ele em uma mensagem que postou na página da Polícia no Facebook.

A notícia significava que todo e qualquer usuário de drogas que viesse até a delegacia e “se entregasse” em busca de ajuda não seria acusado pelo porte de drogas. Mas trocar as grades por tratamento parece ter rendido bons resultados: “Nós tivemos 116 pessoas em tratamento. E zero prisões. Tudo isso no mesmo dia“, disse Campanello. A Polícia fez parcerias com centros de tratamento de dependentes químicos e planos de saúde para facilitar a recuperação de todas as pessoas.

“É extremamente importante que a Polícia trate todas as pessoas com respeito. A Polícia não existe para julgar as pessoas“, finalizou. O modelo criado por Campanello será adotado por no mínimo três outras cidades do estado de Massachusetts e, embora três meses seja pouco tempo para definir o sucesso da ação, é interessante saber que experimentos assim estão acontecendo pelo mundo.

Via Hypeness